Iago precisava muito de nova cadeira de rodas nova, e conseguiu


Já desde a primeira prova, Iago Santana, 20 anos, se sentiu tão confortável na nova cadeira de rodas adaptada que não queria mais sair. Prejudicado pela inadequação da velha cadeira, o rapaz teve de se submeter a duas cirurgias, três anos atrás, na coluna e no quadril. Desde então, precisava de uma nova cadeira, mas a família não tinha condições de comprar.


Durante a entrega de cadeiras de rodas promovida pela FBT, em junho, ele estava ansioso. “Dormiu pouco, às 3 horas ainda estava acordado, pensando na cadeira nova”, conta a mãe Maria da Paz de Santana, residente no Itaim Paulista, zona Leste da capital paulista.


Maria da Paz relata que o parto de Iago teve complicações porque ele estava na posição contrária. “Em vez de vir a cabeça, vieram os pés, então demorou mais tempo para nascer e faltou oxigênio, provocando a paralisia cerebral. Mas, não foi erro médico. Foi coisa do destino mesmo”, disse.


Mãe de outros dois filhos, um de 22 anos e outro de 6 anos, Maria da Paz não trabalha. “Eu vivo só para ele”, disse. Sua rotina é pesada, precisa levar o menino ao médico, à escola e de volta para casa. “É o dia inteiro para lá e para cá”, disse. Felizmente, conheceu a FBT um ano atrás e conquistou a sonhada cadeira de rodas.


“A cadeira vai ajudar na locomoção dele, porque a velha já está soltando peças, não tem condições. Eu preciso da cadeira para sair com ele e não ficar somente dentro de casa o tempo todo”, disse. “Estamos muito felizes. A AFBT é maravilhosa e deveria contar com patrocínios e ajuda do governo para poder ajudar mais crianças”, acrescentou.


Texto: Márcia Alves | Fotos: Carlos Candido

#IagoSantana #FBT #cadeirasderodas

Posts Em Destaque
Posts Recentes