FBT realiza feijoada beneficente para comprar cadeiras de rodas

O restaurante Absurdo ofereceu o espaço e a feijoada aos convidados da ONG para arrecadar os recursos.

A corrente do bem que possibilita a ONG Fazer o Bem Transforma beneficiar cada vez mais crianças com cadeiras de rodas adaptadas, ganhou mais um elo. O restaurante Absurdo, em Alphaville, aderiu à causa da FBT e abriu as portas no dia 9 de junho para ajudar a arrecadar recursos para a aquisição de cinco cadeiras de rodas adaptadas. A feijoada beneficente oferecida pelo restaurante reuniu diversos convidados e também as crianças que aguardam por cadeiras de rodas.


Entrevistado pela corretora de seguros Silvia Ananias, que assumiu o papel de repórter, Roberto, do Hospital de Olhos de Osasco, contou que foi ele quem fez o primeiro contato com o restaurante. “Já era colaborador da FBT e daí conversando com o Tito, dono do Absurdo, surgiu a ideia da feijoada. Nossa expectativa é juntar os recursos para comprar as cinco cadeiras”, disse. Roberto também comentou a necessidade de maior engajamento das pessoas em causas sociais. “Vivemos num momento tão complicado no país, que não adianta ficar esperando, nós é que temos de nos juntar para ajudar o próximo”, disse.

Animado com a possibilidade de beneficiar as crianças, Tito, proprietário do Absurdo, disse que não só abriu as portas do restaurante para o evento da FBT, como também pretende continuar ajudando. “Recebi todos de braços abertos, com muito prazer, porque o foco é ajudar essas crianças. Quero continuar colaborando”, disse.


Crianças na expectativa

As crianças que deverão ser beneficiadas com cadeiras de rodas estavam presentes no evento, juntamente com suas famílias. Um delas é Isabela, que utiliza uma cadeira pequena para o seu tamanho. A mãe Carmelita estava feliz com a possibilidade de trocar a cadeira da menina. “Sou muita grata à FBT e à Cris”, disse.


Simone, mãe de Rafael, também não se cabia de contentamento. O menino, que adquiriu paralisia cerebral pouco tempo depois do nascimento, ainda não tem cadeira de rodas. “Faz três anos que estamos na espera, mas nunca conseguimos uma cadeira. Hoje, se Deus quiser, tudo vai certo e vamos conseguir o dinheiro para a cadeira”, disse.


O pequeno João, de 4 anos, também estava na expectativa de ganhar uma cadeira de rodas nova. Segundo a mãe, Sheila, o menino, que tem paralisia desde o primeiro ano de vida, estava usando uma cadeira não adaptada, que quebrou. “Ele não tem cadeira e já não conseguíamos mais carregá-lo no colo. Agora, tudo o que precisamos é de uma cadeira adaptada ao corpo dele. Estamos torcendo e orando para dar certo. É um causa nobre”, disse.

Bastante cuidadosa com o pequeno Gabriel Fabrício, de 3 anos e meio, a mãe Rosa, estava utilizando um carrinho de bebê para levá-lo ao médico até que recebeu uma cadeira não adaptada. Mesmo assim, ela conseguiu fazer algumas modificações no equipamento para não prejudicar a recuperação do menino, que, recentemente, passou por uma cirurgia nos tendões. Para tanto, colocou uma espuma na cadeira para que o filho possa ficar com as pernas separadas. “Ele é alegre, esperto, é o amor de minha vida e amo cuidar dele. Chorei muito quando cheguei aqui. Sou grata pela oportunidade dada ao Gabriel”, disse.


Também compareceu ao evento o pequeno Davi de Abreu, que já foi beneficiado com uma cadeira de rodas doada por intermédio da FBT. “A cadeira nova mudou a nossa vida. Ele, que já era uma criança feliz, está mais feliz ainda. A FBT é uma ONG séria e que beneficia muitas crianças. Sou muita grata”, disse a mãe Juliana.


Reportagem: Silvia Ananias |Texto: Márcia Alves

#FBT #feijoadabeneficente #restauranteAbsurdo

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
INSCREVA-SE PARA RECEBER ATUALIZAÇOES
  • Grey Facebook Icon

© 2017. FAZER O BEM TRANSFORMA. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por WORDCOMM.

São Paulo (SP) |  contato@fazerobemtransforma.org.br|  Tel. 11- 99970 9714