FBT doa cadeira para Pedro, o bebê com microcefalia que surpreende pela evolução


Quando Pedro Augusto Barbosa de Oliveira nasceu, o prognóstico dos médicos era de que ele viveria no máximo dois meses. Durante a gestação, a mãe Aline Barbosa da Silva foi picada pelo mosquito transmissor do zika vírus, quando ainda residia no Espírito Santo, e o menino nasceu com microcefalia, paralisia cerebral, Síndrome de West, hidrocefalia e lisencefalia (cérebro liso).

Mas, contrariando a previsão dos médicos, Pedro completou dois anos idade e tem evoluído nos movimentos após o tratamento feito em São Paulo, para onde a família se mudou. “É uma vitória”, diz a mãe.

Sem movimento nas pernas e mãos, Pedro precisava muito de uma cadeira de rodas adaptada. Por indicação de outras mães, Aline contatou a FBT em dezembro e na entrega de março recebeu a cadeira. “Vai facilitar muito a vida dele e a minha”, disse.


Fotos:Carlos Candido e Gisele Maia


#FBT #cadeirasderodas

Posts Em Destaque
Posts Recentes